Jovem vinga morte de irmão após oito anos e acaba indo para a cadeia

Vingança. Foi esse sentimento que levou Renan Gama Pereira, de 19 anos, a matar o homem que tirou a vida do irmão dele, em Jardim Carapina, na Serra. Nesta quinta-feira (22), porém, o crime que Renan cometeu o levou para a cadeia.

Jovem vinga morte de irmão após oito anos e acaba indo para a cadeia

Segundo a polícia, na época, Renan tinha apenas 11 anos quando o irmão mais velho foi assassinado. O acusado do crime era Flávio Santana de Souza. Por oito anos, Renan alimentou o ódio que o levou a atirar contra Flávio, em maio de 2017. Os dois já mantinham uma rivalidade por integrarem gangues inimigas de tráfico dentro da comunidade.

Em um mês de investigação da morte de Flávio, a Delegacia de Crimes Contra a Vida (DDCV) da Serra conseguiu descobrir que Renan havia assassinado Flávio com um tiro no peito. Flávio chegou correr para se proteger, foi socorrido para o hospital, mas não resistiu. Na manhã desta quinta-feira (22), durante uma operação, a equipe da DCCV, sob a responsabilidade do delegado Rodrigo Sandi Mori, cercou a casa de Renan e conseguiu detê-lo quando ele tentava escapar pela janela da casa dele, na Avenida Castro Alves.

Na casa dele foram apreendidas munição, 96 pedras de crack e uma pistola calibre 380, que estava escondida embaixo do colchão da cama. Em depoimento, Renan afirmou que matou Flávio pois ele teria tentando o matar também.  O detido foi encaminhado para o Centro de Triagem de Viana.